Mãos ao alto! Roubamos essas peças do guarda-roupa masculino. | Ateliê 2

Mãos ao alto! Roubamos essas peças do guarda-roupa masculino.

Publicado: 16/05/2019

Algumas peças que nós mulheres usamos muito hoje, pertencem historicamente ao guarda-roupa masculino: ternos, cartolas, sapatos sociais, coletes… Graças à ousadia de algumas mulheres e à evolução dos tempos, podemos vestir tudo isso com naturalidade nos dias de hoje. Vamos ver o que roubamos do guarda-roupa masculino?




Homem não usa saia. Mulher deve usar vestido. Boné é coisa para meninos. Em 2019, um discurso desses não pode mais ser sustentado, certo? Na era das peças boyfriend, da liberdade no vestir e das marcas sem gênero, a gente usa o que a gente quiser. Viva!

 

Porém algumas peças que nós mulheres usamos muito hoje, pertencem historicamente ao guarda-roupa masculino. No século 19, com a Revolução Industrial, surge o homem voltado para o trabalho e acúmulo de riqueza. Com ele, surgem também as linhas retas, a sobriedade, o uso do preto, e o estilo clássico. 


Foi assim que conhecemos os ternos, cartolas, sapatos sociais, coletes… todas essas peças que compõe o guarda-roupa masculino. Graças à ousadia de algumas mulheres e à evolução dos tempos, podemos vestir tudo isso com naturalidade nos dias de hoje.


Vamos ver o que roubamos do guarda-roupa masculino?


 

  • CALÇAS

 

Nos anos 20, Coco Chanel consegue captar os novos papéis exercidos pelas mulheres durante a Guerra, e simplifica seu vestuário. Propõe o uso de preto, de calças, de alpargatas e bijouterias. 

 

Podemos dizer que ela solidificou o uso de calças por nós, mulheres. Um escândalo na época! Hoje, impossível de se imaginar nossa vida sem elas. Usamos calças de inúmeros modelos, tecidos, estampas, e adoramos esse conforto e possibilidade de escolha.



 

 

  • OXFORDS E MOCASSINS

 

Chamados amplamente de sapato masculino, esses modelos reforçavam o poder do homem que estava inserido nesse contexto de trabalhar para enriquecer.  

 

Hoje, adotamos eles no nosso dia-a-dia, especialmente quando queremos trazer peso ou quebrar o romantismo das nossas produções. Por que será? :D



 

 

  • TERNO

 

Representante máximo do guarda-roupa formal, é herança desse homem trabalhador, que não se divertia. Hoje roubamos o terno completo, ou as peças separadamente, na variação de cores, estampas e modelagens que preferirmos.


Isso inclui camisa social, gravata, calças alfaiatadas, coletes. E não usamos esses itens apenas para transmitir formalidade não! Variamos no estilo e ocasiões. 



 

 



 

  • MODELAGEM BOYFRIEND

 

Falando agora de um movimento bem moderno, começamos a usar o termoboyfriend para peças mais amplas, mais folgadas, que transmitem uma casualidade e um toque de irreverência. 



As marcas começaram a produzir peças com modelagem específica para esse efeito, a idéia de que pegamos a peça em questão emprestada do namorado. Ou que roubamos do ex-namorado, como algumas marcas gostam de chamar!

 

  

 

Já imaginaram sem ter a disponibilidade de usar essas roupas? Herdamos tantas coisas bacanas do vestuário masculino, não é mesmo? Quando mulheres começaram a usar calça, houve uma grande comoção. Hoje em dia não conseguimos nem ter noção do que é viver sem acesso a essas peças. 


 

Espero que tenham gostado!




Beijos, Mari Carrera.

Consultora de Imagem e Estilo

 @seuladochic  | contato@seuladochic.com

 

 


Voltar