Como adaptar tendências de inverno para cidades quentes | Ateliê 2

Como adaptar tendências de inverno para cidades quentes

Publicado: 30/05/2019

A gente vê o que está rolando nas passarelas e no streetstyle, mas ao pensar em usar no dia a dia, complica: não faz frio na minha cidade! Vem ver algumas formas de se adaptar a essa realidade sem perder o estilo.  




O Brasil é um país de dimensões continentais. Nosso território é enorme,e, consequentemente, com uma imensa variação cultural e climática. Ao comparar certas situações entre os diferentes estados brasileiros, muitas vezes não parece que estamos no mesmo país. 

Todo ano é a mesma coisa: no inverno, as temperaturas despencam em certas regiões, mas no Nordeste - que é o nosso caso - nada muda, especialmente nas cidades mais próximas do litoral. O calor continua. Assim fica um pouco mais difícil de adotar as tendências que vemos para o outono inverno.

Mas não precisamos nos frustar: salvo exceções óbvias (peças e truques que usamos apenas em temperaturas muito baixas), podemos adaptar as tendências do inverno para o nosso clima quente. Trouxe algumas ideias para aderimos às tendências da estação. Vamos ver? 


ATRAVÉS DAS CORES

Podemos usar roupas mais frescas na cartela de cores do inverno! No momento, as cores terrosas estão super em alta. Podemos usar peças leves em marrom, terracota, ferrugem, oliva... Basta escolher seu tom terroso preferido e sair antena por aí!




VERSÕES SIMPLIFICADAS

Tem certas peças que aparecem nos looks quase que de forma automática quando o inverno chega, como tranch coats, botas, roupas em couro. Para não morremos de calor, vale lançar mão de outras peças que fazem efeito parecido, mas em uma versão com menos tecidos, que cobrem menos o nosso corpo.

Ao invés do trench coat, usamos um colete. Um vestido em couro pode ser substituído por uma minissaia. Botas de cano bem curtinho também são ótimas opções, pois podemos usar com roupas mais leves.



ACESSÓRIOS DO MOMENTO

Se me perguntarem qual é a forma mais fácil de adaptarmos as tendências de inverno para cidades quentes, minha resposta é imediata: investindo em acessórios! Para o outono/inverno 2019? Pode adotar, por exemplo, animal print, cinto western, suede. E sai de casa interessante, fresquinha e super atual.




Nem sempre conseguimos usar tudo certo? Aqui em Salvador, por exemplo, não dá para colocar um casaco de lã ou pelo em nenhuma época do ano. Mas vimos que não é impossível adaptar tendências de inverno para cidades quentes. Adequação é tudo! Sigam as dicas e não fiquem na vontade!

Beijos,

Mari Carrera

Consultora de Imagem e Estilo

 @seuladochic  | contato@seuladochic.com

Voltar